2iM.Estrutura - Qualificação e Reclassificação da Rede Prestadora - 2iM Inteligência Médica
 

Atende integralmente
às normativas da ANS:

Para atender as necessidades das Operadoras de Saúde, em relação à avaliação de Prestadores Assistenciais, o software 2iM.Estrutura© foi idealizado baseado integralmente nas determinações das normativas da ANS: RN 405/2016 e RN 363/2014 , bem como para o cumprimento da Dimensão 2 da RN 277/2011 (Dinâmica da Qualidade e Desempenho da Rede Prestadora). E também em conformidade com o disposto na Lei 13.003 de 2014.


RN 405/2016
RN 363/2014

Dimensão 2 da RN 277/2011
(Dinâmica da Qualidade e Desempenho da
Rede Prestadora)

e Lei 13.003 de 2014

Principais Características da Ferramenta


Metodologia da Coleta e Avaliação


  • COLETA DE DADOS

    A coleta dos dados, informações e evidências é presencial. Para a execução das auditorias, a 2iM indica parceiros certificados e habilitados ou disponibiliza treinamentos para equipes e colaboradores da própria Operadora contratante. O software opera em ambiente on-line, portanto é recomendável que a coleta ocorra a partir de dispositivos móveis. Em caso de privação de acesso à internet, os dados ficam arquivados em sistema para remessa posterior.

  • AVALIAÇÃO DOS PRESTADORES

    Os formulários são padronizados por tipo de prestador, a avaliação é consolidada a partir da pontuações obtidas pelos prestadores no total de quesitos qualificáveis, ajustando-se a qualquer serviço de saúde avaliado. Permitindo também que se excluam atividades ou setores não elegíveis para o escopo avaliativo, sem qualquer prejuízo à pontuação final.

  • DEFINIÇÃO DE COEFICIENTE DOS QUESITOS

    O 2iM.Estrutura© permite que a Operadora determine o peso dos quesitos, para todas as perguntas com resposta afirmativa é possível atribuir coeficiente ponderados cuja escala de pontuação pode ser ajustada de acordo com a necessidade e entendimento da Operadora. O consultor pode definir o coeficiente de qualidade do quesito a ser avaliado e justificar nas caixas de texto.

  • RELATÓRIO DE AJUSTE DE CONDUTA (RAC)

    Os relatóriospara ajustede condutade cadaprestador sãobaseadosna legislaçãolocal enacional(ANVISA, MBR-ABNT, CONARQ,CFM eCOFEN). Paraos coeficientesparciaisounãoatendidos sãogeradas sugestõesde aprimoramento,para execuçãoemcurto,médioe longoprazo,permitindoadequações gradativas e conjuntas entreOperadora e Prestadores, oportunizandoque se atinjapaulatinamente asmetaspropostasnoRAC, alémdepossibilitar àOperadoraumconhecimento profundodasqualidades edeficiênciasde sua redeprestadora.

  • RELATÓRIO GERENCIAL

    Após a conclusão das visitas técnicas o RelatórioGerencial é gerado automaticamente, apresentando a classificação e escala da rede configurada e separada portipo de prestador, possibilitando comparativos por seções, setores, grupos de perguntas e perguntas. O RelatórioGerencialrevela aos gestores quais quesitos dificultam o aprimoramento da qualidade e segurança assistencial oferecida aos beneficiários.

Quesitos Avaliados


Tópico

O que avalia

Identificação do Estabelecimento

Atualização do cadastro do prestador junto à Operadora.

Serviços Hospitalares

Apresentação do total de serviços hospitalares disponibilizados pelo prestador.

Infraestrutura e Processos

Quesitos básicos de funcionamento e da gestão dos processos.

Requisito Legal

Verificação das documentações legais mínimas obrigatórias para funcionamento da instituição.

Dimensionamento

Dimensionamento de profissionais de enfermagem e equipe médica para atendimento das especialidades disponibilizadas pelo prestador.

Estrutura de Registro

Registros do paciente e a rastreabilidade dos dados.

Estrutura Física

Condições estruturais das instalações utilizadas pelo prestador para atenção ao beneficiário.

Conforto

Investimentos do prestador que revertem em conforto ao beneficiário.

Geral

Quesitos variados referentes a recursos e processos internos da instituição.

A 2iM é também reconhecida pela ANS como Gestora de Outros Programas de Qualidade. Os hospitais que praticam essa metodologia poderão utilizar um selo de qualidade, o que poderá melhorar seus índices de reajuste com as operadoras de planos de saúde.

QUALISS - Programa de Qualificação dos
Prestadores de Serviços de Saúde

O Programa QUALISS, da Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS, foi estabelecido pela RN 405, de maio de 2016 e consiste no estabelecimento de atributos de qualificação relevantes para o aprimoramento da qualidade assistencial oferecida pelos prestadores de serviços (hospitais, clínicas, laboratórios e profissionais de saúde).

Além de qualificar esses prestadores, visa aumentar a disponibilidade de atributos e informações, tais como acreditação, segurança do paciente, qualificação profissional, monitoramento da qualidade por meio de indicadores etc.

Um Comitê Técnico de Avaliação da Qualidade Setorial - COTAQ auxilia a ANS no estabelecimento de critérios de aferição e controle da qualidade da prestação de serviços na saúde suplementar com participação dos diversos atores do setor.

Para a execução do Programa, a ANS conta ainda com entidades participantes, que contribuem não só na elaboração de critérios como na coleta e consolidação de dados. São as Entidades Gestoras de Outros Programas de Qualidade, entre as quais a 2iM é habilitada. Neste link, clique em Entidades Participantes do QUALISS.

BAIXE A CARTILHA DO QUALISS

Conheça outras Soluções 2iM


GRS.2iM©

Gestão do Risco e Saúde Populacional

O GRS é a solução da 2im para a Gestão de Risco e Saúde Populacional em grandes empresas, através de pesquisas em bases de dados e análises de estatísticas externas.


Para Operadoras de Planos de Saúde e Empresas.


CONHECER

GPS.2iM©
Gestão de Performance em Saúde


Plataforma para monitoramento, análise e avaliação da qualidade na prestação assistencial.


Para SUS, Hospitais e Planos de Saúde.


CONHECER